dfasg

Menu
RSS

Presidente da Câmara Emerson Sais Machado concede Moção de Congratulações ao Executivo Municipal

 

Liliani Leal
Assessoria de Imprensa
Câmara de Vereadores
Na sessão desta terça-feira (17), o presidente da Câmara vereador Emerson Sais Machado (PMDB), homenageou o chefe do executivo municipal prefeito Asiel Bezerra, a secretária de Desenvolvimento Elsa Maria Lopes e o secretário de Agricultura e Pecuária Altamir Feliciano Pereira, pela realização do 1º Encontro sobre a Expansão da Fronteira Agrícola no extremo norte Mato-grossense.
Para Emerson Machado o evento valorizou a Agricultura não só de Alta Floresta, mas de toda a região. “Acompanhávamos o desenvolvimento de municípios como Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Sorriso e Sinop, com a esperança de que conseguiríamos trazer para nossa região, o desenvolvimento sustentável, e hoje podemos constatar o quanto a Agricultura tem tido um crescimento considerável, o momento é de valorização e incentivo ao Agronegócio” Finalizou.

Leia mais ...

PRIMEIRO ANO DE MANDATO: Câmara aprova contas de 2013 do prefeito de Alta Floresta

 

Matéria apreciada em sessão terça-feira contou com dois votos contrários

 

Por Arão Leite
Alta Floresta/MT – Depois de longas discussões, votações e revogações, as contas do primeiro ano de mandato do prefeito Asiel Bezerra, de Alta Floresta, ainda do ano de 2013 foram avaliadas e aprovadas pela Câmara Municipal de Alta Floresta. Dos 13 vereadores da Casa de Leis, 11 foram favoráveis e 2 contrários, sendo Mequiel Zacarias (PT) e Elisa Gomes (PDT). Valdecir José dos Santos, o Mendonça (PSC); Tuti, Demilson e Cida Sicuto (PSDB);  Eloi Crestani, Cidão do Boa Nova e Luiz Carlos (PMDB); Dida Pires (PPS), Charles Miranda (PR); Marcos Menin (Dem) e o presidente Emerson Machado, do PMDB foram favoráveis.
A matéria foi muito discutida. Vereadores lembraram quando foi enviada anos atrás pelo Tribunal de Contas do Estado com várias ressalvas e o parecer negativo, devido a supostas irregularidades na Educação e folha salarial. Na época, ainda na gestão anterior acabou sendo apreciada e reprovada. Mas o Tribunal de Contas, que sinalizava de forma negativa revogou sua decisão, apreciou novamente e apontou pela aprovação com pontuações. O mesmo foi feito em Alta Floresta em sessão na época de muita polêmica.
O projeto de decreto legislativo entrou na pauta dos vereadores de Alta Floresta novamente e assim passou. “Se o Tribunal de Contas foi favorável,  por que vamos ser contrários”, questionou o presidente Emerson Machado salientando que as pontuações foram analisada e medidas tomadas conforme necessidade.
Mas quem votou contrário disse que a situação que foi apontada lá no passado continua. Mequeil Zacarias lembra que nem fazia parte do quadro de vereadores, mas assegura que acompanhou a história e conforme ele, os erros não foram consertados  e os conselheiros do TCE que mudaram a decisão são na ,maioria investigados.
A vereadora Elisa Gomes também justificou o voto contrário salientando que a situação permanece a mesma ou com problemas até mais graves, apontando como exemplo, os anos seguintes e a atual gestão.
Por outro lado, o presidente da Casa de Leis atribuiu o voto da pedetista como retaliação política. “A Elisa voto contrário em praticamente tudo”, resumiu Machado sem querer se delongar. “Mas respeitamos o voto de cada um”, finalizou.

Leia mais ...

ALTA FLORESTA: Secretária de Assistência Social apresenta ações realizadas em 2017 para os vereadores

 

LINDOMAR LEAL
Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Alta Floresta
A Secretária Municipal de Assistência Social e Primeira Dama do Município de Alta Floresta, Luzmaia Quixabeira de Araújo, e a secretária-adjunta de Assistência Social, Sirlei Vaz da Silva Capeleti, apresentaram aos vereadores as ações realizadas em 2017. A reunião administrativa aconteceu na manhã de segunda-feira (09), na sala de reuniões do Poder Legislativo e contou com a presença dos vereadores Emerson Sais Machado – presidente da Casa de Leis, José Aparecido dos Santos, Luiz Carlos de Queiroz, Valdecir José dos Santos – líder do prefeito, Charles Miranda Medeiros, Mequiel Zacarias Ferreira e Demilson Nunes Siqueira.
Na prestação de contas, entre as ações de proteção social básica, a secretária Luzmaia Quixabeira explicou que nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) foram atendidas 3.420 famílias nos atendimentos individuais e grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), e no Cadastro Único (CADÚNICO). Também foram cadastrados 198 idosos no mutirão do Benefício da Proteção Continuada (BPC).
No Centro de Cursos, criado para profissionalizar famílias da assistência social, foram realizados cursos de aproveitamento de alimentos, corte, costura e lingerie, derivados do leite, desossa de frango e peixe, conserva de doces, manutenção de tratores agrícola e manutenção de Pá Carregadeira. A previsão é que até dezembro outros quatro cursos sejam realizados.
A Secretária também informou os legisladores que Alta Floresta foi o primeiro município a ser contemplado com o Pró-família do Governo do Estado e explicou que o programa conta com a parceria da Gestão Municipal no atendimento de 283 famílias.
A reforma da frota de veículos e o investimento de R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais) na aquisição de materiais permanentes, como, por exemplo, computadores, mesas, cadeiras, armários, televisões, aparelhos de Ar Condicionado, além da centralização dos seis conselhos de direito em uma sala ampla, climatizada anexa ao Conselho Tutelar, bem como a retomada das capacitações continuadas de proteção básica, contribuíram segundo a secretária Luzmaia para a melhoria dos serviços realizados pelos profissionais.
Entre as perspectivas para o próximo ano, Luzmaia Quixabeira destacou a garantia de R$ 2.800,000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais) em emendas parlamentares que serão destinadas para reforma e ampliação do CRAS Casa da Família e do CREAS, e a construção de uma sede própria para o CRAS Conviver, que está funcionando em uma casa alugada. Vale ressaltar que a Secretaria Municipal de Assistência Social aguarda a liberação de recursos para a aquisição de microônibus.
Sobre o serviço de proteção social especial, a secretária Luzmaia Quixabeira explicou que o município de Alta Floresta saiu na frente dos demais municípios mato-grossenses na preparação para a implantação do serviço de família acolhedora, capacitando uma equipe de profissionais. O serviço está em fase de cadastramento das famílias e capacitação de todos os membros. Foram aproximadamente 140 famílias interessadas que estão sedo acompanhadas e em breve sairá a relação dos casais cadastrados.
Já os profissionais do Centro de Referência da Assistência Social (CREAS) desenvolveram o projeto de elevação da altoestima no Lar dos Idosos e realizaram aulas de violão e música para as crianças e adolescentes vitimas de abuso sexual. Também foi realizado semanalmente capacitações pela equipe de família acolhedora a todos os funcionários que trabalham com crianças e adolescentes.
Outro dado informado aos vereadores foi o encaminhamento de 337 usuários do Lar Santa Isabel para suas cidades de origem, familiares ou emprego. Atualmente 18 usuários estão em acolhimento.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • faleconosco
    (66) 3521-3830
  • O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Rua Ivandelina Rosa Nazário, s/n, Setor Industrial, Alta Floresta/MT - 78580-000.
Jcidade.com.br© 2007-2013. Todos os direitos reservados. dablio