35 anos_site

Menu
RSS

papo de esquina

Luto em Paranaíta

Primeiro foi Pedro Porta Aberta em 2014, depois Pedro Miyazima em agosto último e agora o ex-prefeito de dois mandatos, Yukio Miyazima a falecer na cidade de Paranaíta. Aos 76 anos o pioneiro e médico morreu em casa. Informações de que sua saúde já vinha debilitada há algum tempo. O prefeito Tony Rufatto decretou luto oficial por três dias.

Virou polêmica

E a Planta Genérica do Município, que trata sobre a atualização do valor dos imóveis e começa a corrigir até 2023 o preço do IPTU de cada casa, prédio ou terreno, levou muita gente para a Câmara de Vereadores na sexta-feira. Com medo de verem o valor do tributo inflacionar em muito mais de 100 ou em alguns casos, até 400 por cento, proprietários de imóveis foram ouvir e também falar. A matéria debatida em audiência pública, gerou alguns momentos de tensão. Mas os vereadores acharam positiva a participação do povo.

Prefeito Noel

O clima já é natalino e na noite de domingo centenas de pessoas, principalmente crianças compareceram ao estacionamento do Del Moro para prestigiar o evento Natal é Luz. Muitas atrações foram apresentadas e a criançada que sempre está muito animada, foi surpreendida com um ‘papai Noel inusitado’. O prefeito Asiel Bezerra foi quem surpreendeu a todos, com a tradicional roupa vermelha e barba branca do velhinho do polo norte. Foi um momento atípico, mas fugir um pouco do momento político e encarnar o período de festas.

Falta de consciência

Mais um mutirão de limpeza é realizado no Rio Teles Pires, ultrapassando os 170 quilômetros de água entre as cidades de Alta Floresta, Carlinda e Paranaíta. Sema esteve no local e já começa a analisar uma forma de notificar os responsáveis a partir do ano que vem, identificando pontos específicos. Unemat, a Universidade do Estado de Mato Grosso foi representada no evento por uma pesquisadora que se mostra preocupada com as ações humanas contra o Teles Pires.

Irredutível

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou não ter o “compromisso” de reeditar a Lei 10.480, que criou o Novo Fundo Estadual de Transporte e Habitação, o chamado Fethab 2. A declaração foi feita na manhã de sexta-feira (7), quase dois meses após o governador eleito Mauro Mendes (DEM) pedir ao tucano para que renove a contribuição, de modo a não começar sua gestão com R$ 450 milhões a menos por ano, em caixa. (Midianews)

Maior desmatador

Mato Grosso perdeu quase uma Cuiabá inteira para o desmatamento em 2018, e 85% da floresta que foi para o chão foi desmatada de forma ilegal. Entre agosto de 2017 e julho de 2018, 1.749 km² de floresta foram derrubados – ou 174 mil hectares. O estado é novamente vice-campeão de desmatamento da Amazônia, com 22% do acumulado no período. Gisele Neuls (Assessoria CV)

Assinar este feed RSS
  • faleconosco
    (66) 3521-3830
  • O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Rua Ivandelina Rosa Nazário, s/n, Setor Industrial, Alta Floresta/MT - 78580-000.