35 anos_site

Menu
RSS

NORTÃO - Gestores Esportivos se reúnem para definir eventos

MT Esporte
O município de Alta Floresta sediou na tarde da ultima quinta-feira (14) uma importante reunião que contou com boa parte dos gestores esportivos da região do nortão do estado de Mato Grosso. Um encontro para discutirem alguns eventos esportivos importantes para a região, dentre esses, Jogos do Tapajós, Copa União, Copa Anti-Droga de Futsal e principalmente, a fase regional dos Jogos Escolares da Juventude, categoria B, previsto para o município de Paranaíta..
Desses eventos, ficou definido que os Jogos do Tapajós não será realizado esse ano, passando a acontecer apenas em maio de 2019 em Alta Floresta.
Para esse ano, apenas duas ou três competições devem movimentar a região que compreende os municípios de Carlinda, Paranaíta, Monte Verde, Nova Bandeirantes, Apiacas e Alta Floresta.
A Copa União, categoria A, nas modalidades de vôlei, basquete, handebol e futsal, prevista para o mês de setembro em Carlinda e a Copa Anti-Droga de Futsal que acontecerá em outubro em Paranaíta.
Uma outra competição, voltada a categoria B, ainda pode acontecer na região, possivelmente no município de Apiacas.
Jogos Escolares
Quanto a fase regional dos Jogos Escolares da Juventude, categoria B, em Paranaíta, uma nova data foi proposta junto ao Secretário de Esportes Valdenir Neguinho, que deve levar a mesma para discussão junto a administração municipal. Mas, independentemente da nova data, o secretário deixou claro que se o recurso para os jogos não for depositado até o próximo dia 29 de junho, será impossível a realização do evento em Paranaíta. “A ordem do prefeito Tony Rufatto é se o recurso não for depositado até o final do mesmo, não iremos sediar os jogos”.

Leia mais ...

AVENIDA AMAZONAS: Fogo destrói quartos e cozinha de casa no Cidade Alta


Corpo de Bombeiros foi ao local e conseguiu evitar que chamas se alastrassem

Por Arão Leite
Alta Floresta/MT – Um incêndio destruiu por completo dois quartos e uma cozinha aos fundos de um pequeno prédio comercial na Avenida Amazonas no bairro Cidade Alta. O aposentado Neri da Silva disse que ouviu o fogo por volta das 22 horas e ao abrir a janela da casa onde mora aos fundos percebeu as chamas aumentando, momento em que o Corpo de Bombeiros foi acionado.
A viatura de combate a incêndio chegou logo ao local e evitou que as chamas se alastrassem, mas o momento foi de tensão e medo já que tinha o salão comercial na frente e ainda a residência do aposentado aos fundos. “Saí correndo”, disse Neri da Silva.
Não se sabe o que provocou o incêndio, mas o morador da Avenida Amazonas não descarta que um curto circuito tenha acontecido nos quartos onde tinha duas camas e outros pertences. “Mas graças a Deus estamos vivo”, agradeceu o aposentado que saiu ileso.

Leia mais ...

DESVIOS NO ESTACIONAMENTO: TCE conclui julgamento sobre fraudes na AL

Folha Max
O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso realiza a sessão ordinária desta semana, excepcionalmente, na quarta-feira (20 de junho), a partir das 8h30. Na pauta de julgamentos constam 18 processos, entre Representações de Natureza Externa e Interna, Tomadas de Contas, homologação de Medidas Cautelares, Auditorias de Conformidade, Contas Anuais de Gestão, Pedidos de Rescisão, Recursos Ordinários, Embargos de Declaração e Recursos de Agravo.
Entre os processos mais relevantes está o retorno à pauta da Representação de Natureza Externa que apura supostas irregularidades cometidas na obra de construção do estacionamento do teatro da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (Processo nº 237981/2015). Relatado pela conselheira interina Jaqueline Jacobsen, o processo teve o julgamento adiado para esta semana em razão de um pedido de vista feito pelo conselheiro interino Moises Maciel.
Também aguarda pedido de vista do conselheiro interino Moises Maciel a Auditoria de Conformidade que tem por finalidade fiscalizar a folha de pagamento da Câmara Municipal de Várzea Grande. O relator do Processo nº 105783/2016, que está na pauta da sessão desta quarta-feira, é o conselheiro interino João Batista Camargo.
Outro assunto de destaque é a proposta de homologação da medida cautelar que suspendeu o processo licitatório da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) – RDCI nº 01/2017. A licitação tinha por objeto a contratação de empresa especializada para fornecimento e instalações de kits para transposição de obstáculos para estabelecimento de acesso em vários municípios de MT.
A medida cautelar foi concedida pela conselheira interina Jaqueline Jacobsen, relatora das contas de gestão da Sinfra. A cautelar foi concedida em Representação de Natureza Interna proposta pela Secretaria de Controle Externo de Obras e Serviços de Engenharia do TCE-MT, que detectou irregularidades graves no certame, cujo valor final estimado era de R$ 202.352.323,62.
A sessão ordinária do Pleno do Tribunal de Contas pode ser acompanhada presencialmente, na sede do TCE-MT, no Centro Político Administrativo. Também pode ser vista pela internet, no endereço eletrônico www.tce.mt.gov.br. A íntegra da pauta pode ser conferida na edição nº 1380 do Diário Oficial de Contas, disponibilizado na sexta-feira (18/06).

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • faleconosco
    (66) 3521-3830
  • O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Rua Ivandelina Rosa Nazário, s/n, Setor Industrial, Alta Floresta/MT - 78580-000.
Jcidade.com.br© 2007-2013. Todos os direitos reservados. dablio