35 anos_site

Menu
RSS

RECURSOS PRÓPRIOS: Prefeitura de Alta Floresta compra novos caminhões para coleta de lixo


Aquisições segundo o diretor de finanças, são provenientes da arrecadação de IPTU

Por Arão Leite
Alta Floresta/MT – Depois de muito tempo apresentando deficiência crônica para realização do trabalho de coleta de lixo, o município de Alta Floresta poderá melhorar o serviço. Já estão no pátio da Prefeitura há alguns dias dois caminhões totalmente adaptados para a execução do trabalho. O investimento segundo informações, ultrapassou meio milhão de reais.
Quem passou as informações foi o diretor de finanças do município, Creomar Camilo. De acordo com ele, cada caminhão custou o equivalente a R$ 289.500. A compra ficou fechada em R$ 579 mil. “isso tudo com recursos próprios, com arrecadação do IPTU”, disse o servidor.
Creomar salientou que devido aos trâmites burocráticos, com documentação, os caminhões ainda não foram colocados nas ruas. “Mas logo estarão realizando o serviço de coleta nos bairros com certeza”, assegurou o diretor de finanças já anunciando a compra de outro caminhão, avaliado em R$ 387 mil. “Vai melhorar ainda mais a coleta de lixo em breve”, analisa.
Emendas parlamentar
Uma caminhonete também se encontra no pátio da prefeitura. O veículo é fruto de uma emenda parlamentar assim como um caminhão truck que poderá chegar para Alta Floresta. O benefício é outra emenda parlamentar. O caminhão é equipado com resfriador de leite. A aquisição para Alta Floresta é de R$ 350 mil.

Leia mais ...

ALTA FLORESTA: Secretário se irrita ao ser cobrado por melhorias em ruas e estradas

 


Eloi Almeida tem sido cobrado das obras para melhorar o trânsito em AF

 

Por Arão Leite
Redação
Alta Floresta/MT – As constantes chuvas tem provocado muitos transtornos em Alta Floresta. São quase dois mil e quinhentos quilômetros de estradas que cortam o município, além das ruas e avenida do núcleo urbano. A falta de manutenção tem sido cobrada pelos moradores e agora no período chuvoso o problema se agravou em praticamente todos os setores do perímetro urbano e rural, provocando um descontentamento geral da população. Procurado pela reportagem da Rádio Progresso essa semana, o secretário de obras, Eloi Almeida mostrou-se irritado com os questionamentos e em certo ponto da entrevista, fez até desabafo.
No início do ano ou começo da temporada de chuva, ainda em 2017, o secretário comentou sobre cronogramas para a manter as estradas trafegáveis nesta temporada. Mas o volume de água que caiu nos últimos dias em especial provocou muitos problemas. A situação que já não era das melhores com a cidade tomada por buracos, valetas e ruas de alguns bairros já intrafegáveis, piorou com moradores partindo para a imprensa ou redes sociais cobrarem a administração municipal, secretaria de infraestrutura e criticarem a não execução de obras.
Mas o secretário Eloi, na entrevista cedida à Rádio Progresso, perdeu a paciência com respostas tranquilas e declarou: “não vejo que isso (chuvas e buracos, estradas ruins) aqui é problema. Nós moramos na Amazônia onde chove 2800 mm por ano. Nós não moramos no Piauí. No Piauí é 260 mm, não é verdade?”, comentou Almeida fazendo comparativo. “Então tem uma diferença muito grande de quem mora no Piauí e quem mora no Mato Grosso na região Amazônica Meridional.” Analisou o secretário sendo incisivo sobre as obras de melhorias que o município precisa receber em suas ruas e estradas. “ Se tiver sol tem (obra), se não tiver…. aguardar.”, finalizou. (colaborou Rádio Progresso)

Leia mais ...

AVENIDA ARIOSTO DA RIVA: Motoristas reclamam e faixa elevada recebe adequação em Alta Floresta

 

Trabalho foi feito na manhã desta sexta-feira pela  manhã pela Secretaria de Obras

 

Por Arão Leite
Alta Floresta/MT – Uma faixa elevada construída na Avenida Ariosto da Riva, município de Alta Floresta, já recebeu os primeiros reparos mesmo tendo sido feita há pouco tempo. Depois de muitas reclamações via imprensa por parte de motoristas, uma equipe da Secretaria de Obras e Infraestrutura esteve no local em frente à Caixa Econômica Federal colocando uma camada de pavimento no início da lombada, possibilitando assim um menor impacto aos veículo quando forem passar no obstáculo.
O engenheiro da obra, Fernando Catunda acompanhou nesta sexta-feira pela manhã o trabalho da Secretaria de Obras e dando algumas orientações. De acordo com ele, é reconhecido com havia uma saliência que prejudicava demais os carros principalmente de porte baixo e motocicletas quando iam passar a faixa elevada. Por isso a cama de um produto que vai garantir melhor trafegabilidade. “Mas ela tinha sido feita dentro dos padrões”, alegou o engenheiro.
Agentes de trânsito interditaram parcialmente a via no momento em que era executada a obra de reparos na faixa elevada na Avenida Ariosto da Riva. De acordo com Catunda, a durabilidade é garantida.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • faleconosco
    (66) 3521-3830
  • O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Rua Ivandelina Rosa Nazário, s/n, Setor Industrial, Alta Floresta/MT - 78580-000.